Scytl ajuda estudantes da Nova Zelândia a abrir caminho para votação on-line

Com testes de votação on-line programados para iniciar em 2016 para eleições de órgãos locais, a Nova Zelândia adotou uma abordagem proativa para promover a participação e o envolvimento eleitoral da geração mais jovem. A Kids Voting proporciona a crianças e adolescentes de 11 a 15 anos a oportunidade de experimentar uma eleição de perto e permite a eles votar em candidatos reais em questões reais.

Para apoiar essa iniciativa, a Scytl implantou com sucesso o canal de votação eletrônica para o Kids Voting 2013 de Auckland, inédito nas escolas da Nova Zelândia. Mais de 8.000 estudantes qualificaram-se para participar da votação para prefeito, vereadores e outros cargos locais. Quase 45% optaram pela votação on-line.

Embora os resultados da Kids Voting não sejam computados, o teste está ajudando a abrir caminho para a votação eletrônica no futuro. Resultados finais estarão disponíveis após as eleições locais em 12 de outubro.

« Volte

Este site utiliza cookies de sessão ou persistentes, próprios ou de terceiros, necessários para o desempenho do site ou com objetivos analíticos e estatísticos. Se você continuar navegando, entenderemos que você aceita as condições de uso.
Para obter mais informações, clique aqui.